A Entidade - Adunesp

17/8 tem Plenária Estadual Conjunta Adunesp/Sintunesp/Estudantes. Confira informes da Plenária de Bauru

A Plenária Estadual da Adunesp, realizada no campus de Bauru, no dia 10/08/2016, considerando a gravidade da crise por que passa a Unesp – com a suspensão das contratações de servidores docentes e técnico-administrativos, a não concessão sequer dos ridículos 3% de reajuste que tiveram as outras duas universidades estaduais paulistas, o congelamento dos recursos para a permanência estudantil, entre outros problemas que estamos vivenciando neste momento – deliberou incumbir a Diretoria do Sindicato de entrar em contato com os dirigentes do Sintunesp e com os representantes dos estudantes no Fórum das Seis, com o objetivo de organizar uma Plenária ampliada no dia 17/08/2016, no Instituto de Artes, em São Paulo.

Feitos os contatos com o Sintunesp, decidiu-se conjuntamente que o melhor local, dada a expectativa de grande número de participantes, seria o auditório localizado no prédio da Editora da Unesp, no 7º andar da sua sede, na Praça da Sé.

Isto posto, a Adunesp convoca os dirigentes das subseções locais e convida todos os docentes a comparecer a este evento.

Data: Quarta-feira, 17/8/2016, às 10h
Local: Praça da Sé, 108, 7º andar, SP.
Pauta:
1) Informes;
2) Avaliação do movimento;
3) Ações conjuntas;
4) Outros.


Confira informes da Plenária de Bauru

A Plenária Estadual da Adunesp realizada no campus de Bauru, no dia 10/08/2016, contou com a presença de representantes de sete campi de e de servidores técnico-administrativos, docentes e estudantes de Bauru. A diretoria da Adunesp Central fez um relato da reunião com o reitor, realizada por deliberação da Plenária anterior, em que foram discutidos basicamente dois temas: isonomia salarial com a USP e Unicamp, e a contratação de professores substitutos de acordo com a demanda dos Departamentos de Ensino. Na reunião, o Prof. Durigan afirmou que não via nenhuma possibilidade de resolver as duas questões nesse momento, devido à situação financeira crítica da Unesp, e sugeriu que os docentes assumam mais aulas enquanto durar a “crise”.

Foi dada ciência à Plenária de que tivemos decisão favorável, em primeira instância, da ação da URV. Em sua sentença, o juiz menciona que serão beneficiários da ação os filiados do Sindicato. A expectativa é que a Unesp recorra a instâncias superiores; no entanto, há confiança de que teremos decisões favoráveis em todas elas.

Quanto à ação relativa ao Vale Alimentação, haverá decisão em primeira instância até o final deste mês de agosto.

A Plenária também foi informada de que havia sido confirmada uma reunião entre o Fórum das Seis e o Cruesp para o dia 11 de agosto, em que seriam objeto de discussão os seguintes itens: reajuste salarial, repressão ao movimento (cortes de ponto), questão previdenciária e a proposta de realização de reunião tripartite Fórum das Seis/Cruesp/Governo Estadual

Depois dos informes das subseções da Adunesp presentes, foram amplamente discutidos os itens da pauta, resultando os seguintes encaminhamentos:

1) Indicativo às assembleias locais de manutenção da greve;
2) Realização de Plenária Estadual dia 17/8/2016, no Instituto de Artes, em São Paulo, convidando oSintunesp e a representação estudantil (estudantes indicados para participar do F6) para compor a Plenária. Pautar o indicativo de ida à reitoria para negociar no dia da Plenária (sobre esta atividade, veja informações atualizadas no texto acima);
3) Recomendação de que sejam feitas pressões para que a carta da Adunesp (clique no link ao final da matéria) aos Presidentes de Congregações (Diretores de Unidade) seja lida e debatida nas Congregações;
4) Recomendação aos integrantes do Chapão para que pautem a questão da não contratação dos professores substitutos nos colegiados, reivindicando que os professores não assumam as aulas dos professores substitutos; defendendo que sejam priorizadas as contratações em locais com maior carência de professores; questionando os critérios de contratação de substitutos em vigor; propondo a supressão da contratação de professores substitutos para cobrir os assessores da reitoria; verificando se os critérios apresentados pela CCD estão sendo rigorosamente cumpridos e estabelecendo critérios de diferenciação entre a contratação de substitutos para situações de falta de professores e para situações de licença saúde e licença maternidade;

Também foi deliberado que a AD Central providenciasse a divulgação dos dados disponíveis sobre a contratação de professores substitutos para subsidiar o debate nas subseções, acompanhados de uma análise crítica sobre esta questão.

Sobre as propostas de judicialização, foi decidido não judicializar o índice de reajuste na data-base, levando-se em conta que a conjuntura política atual nos é desfavorável, o momento do movimento e as orientações sobre os ritos da judicialização apresentados pela assessoria jurídica da Adunesp. Foi decidido lançar mão da via jurídica para outras questões como, por exemplo, a obtenção de informações mais detalhadas que nos permitam desvendar o orçamento da universidade.

Foi também recomenda que a próxima Plenária discuta a possibilidade de produzir algum tipo de intervenção no evento comemorativo dos 40 anos da Unesp, a ser realizado no dia 22/8/2016, na Sala São Paulo, em São Paulo.

Clique aqui para conferir a “Carta aos Presidentes de Congregações”

  Adunesp     Adunesp  
Site Desenvolvido por InfoPlus