A Entidade - Adunesp

Terceira reunião entre sindicatos e reitoria avança mais um pouco

A terceira reunião entre representantes da Adunesp e do Sintunesp com membros da reitoria e da Comissão de Orçamento da Unesp aconteceu na manhã de 17/4/2019, quarta-feira. A intenção principal foi dar continuidade às reuniões de 21/2 e 21/3, que haviam discutido a situação do 13º salário dos estatutários. Na reunião de 21/3, ficou acordada a criação de uma conta corrente específica para receber os valores destinados ao 13º salário e às férias de 2019, conforme proposto pelos dois sindicatos, e também a realização de reuniões mensais entre as partes, para acompanhamentos desta conta e de tudo o que se refere ao 13º salário e às férias.

Neste terceiro encontro, participaram: João da Costa Chaves Júnior e Antônio Luís de Andrade (pela Adunesp); Alberto de Souza e Claudio Roberto Ferreira Martins (pelo Sintunesp); Valdomiro Rodrigues de Souza e Djalma Bovolenta como representantes técnico-administrativos na Comissão de Orçamento. Pela reitoria: o pró-reitor de Planejamento Estratégico e Gestão Leonardo Theodoro Büll, os membros da assessoria técnica da reitoria José Roberto Ruggiero e Rogério Buccelli, os assessores da Edson A. Capello Sousa e MaurizioBabini, além dos demais membrosda Comissão de Orçamento (Pasqual Barretti, Júlio César Torres, Cássio Roberto Macedo Maia, José Roberto Ernandes e Rossano Cesar Bonatto). Os professores Babini, Ruggiero e Rossano participaram por videoconferência.

Como foi a reunião
Os representantes da reitoria reafirmaram a concordância com a abertura de conta específica para depósito do provisionamento do 13º salário de 2019, embora não a tivessem aberto ainda. A discussão caminhou no sentido de: (1) que fosse concretizada a abertura dessa conta; (2) que nela fossem depositados os R$ 42 milhões referentes à reserva financeira declarada da Unesp.

Feito o debate, ficou acordado, finalmente, que a conta será aberta em maio/2019, sendo que a reitoria decidiu alocar R$ 25 milhões de início, e não os R$ 42 milhões inicialmente reivindicados pelos sindicatos. Este último valor corresponderia aproximadamente ao provisionamento de 4/12 do necessário para o 13º salário de 2019 mais 1/3 de férias.

Os representantes da reitoria asseguraram que todos os salários estão garantidos até dezembro de 2019, menos o 13º salário, que terá que ser “construído” conforme for se dando a arrecadação do ICMS deste ano. Também apresentaram aos sindicatos alguns aperfeiçoamentos do site da Unesp, com um melhor detalhamento da execução financeira da Universidade, em resposta ao que foi reivindicado na reunião anterior. Esses dados servirão como subsídios para uma melhor compreensão da trajetória dos recursos, bem como para a construção de mecanismos mais eficazes para o controle dos investimentos desses recursos públicos pela comunidade universitária.

Por fim, os representantes dos sindicatos insistiram na necessidade de melhoria nos métodos de discussão e aprovação do orçamento da Universidade. Atualmente, o que se vê é uma discussão superficial, com o material sendo divulgado às vésperas da reunião do CO que aprova o orçamento. A reivindicação é que o debate sobre o orçamento seja construído ao longo do ano, culminando na aprovação ao seu final. Os membros da reitoria concordaram em discutir essa reivindicação na próxima reunião entre as partes, já agendada para 22/5/2019.

Os representantes da reitoria reafirmaram novamente que está em fase adiantada de negociações o aporte de recursos novos para a Unesp, que dariam um alívio imediato para a crise de financiamento, embora não fossem ainda suficientes para resolver questões mais complexas, como é o caso da insuficiência financeira.

  Adunesp     Adunesp  
Site Desenvolvido por InfoPlus